terça-feira, 13 de abril de 2010

O Cangaço

(Abrahão, em foto batida pelo cangaceiro Juriti, aparece cumprimentando Lampião)

O Cangaço
O catolicismo rústico e os movimentos messiânicos não representaram a única saída para o homem rural brasileiro. A miséria, a fome, a doença, a perda de terras e roças, as secas e as arbitrariedades dos “coronéis” geraram o cangaço. Cangaceiros eram aqueles que pegavam em armas, saqueavam e assaltavam. Encarado como simples bandidismo, o cangaço era na verdade, uma denúncia da situação de penúria em que viviam os sertanejos. Sem uma real consciência dos objetivos que o levaram a lutar, o cangaceiro atacava fazendas (pois ali estava o “coronel” todo-poderoso), roubava gado e assaltava armazéns. Matar era uma contingência natural em sua posição. A figura do cangaceiro tem sua origem no “cabra” ou no “capanga”, pagos para servir o “coronel” e defender seus interesses de proprietário. A diferença residia no fato de o cangaceiro agir em benefício seu e de seu grupo e não em benefício do latifundiário. O Cangaço foi um fenômeno típico do Nordeste brasileiro e surgiu ainda no período monárquico estendendo-se até 1940. Virgulino Ferreira da Silva ingressou no cangaço, adotando o apelido de “Lampião”, e logo se transformou no maior inimigo dos latifundiários nordestinos e no grande ídolo da população miserável, que o considerava um “justiceiro” na punição dos poderosos. Sua atuação estendeu-se de 1920 até 1938, alastrando o terror pelo nordeste. Em 1938, encurralados em seu esconderijo em Angicos (Sergipe), Lampião e seus homens foram massacrados e seus cadáveres decapitados.
(Fonte: DOMINGUES, Joelza Éster; FIUSA Layla Paranhos Leite. História: o Brasil em Foco. São Paulo FTB, 1996. 432 p. Cap. 24 – Tensões Sociais na República Velha. p. 211-13)

5 comentários:

  1. Os cangaceiros eram os bando armado que percorriam povoados e fazendas,saqueavam e assaltavam.Os cangaceiros viviam no Nordeste no século XIX.
    A vestimenta deles era assim:andavam sempre armados,com cartuchos,facas longas e clavinotes cruzando os ombros,tal como uma canga,peça de madeira usada para prender os bois..
    No cangaço subordinado os grupos armados eram sustentados pelos chefes políticos e recebiam certos benefícios,como casa,comida,etc...
    Já no cangaço independentemos cangaceiros formavam bandos que agiam por conta própria,ou seja,desvinculados de seus patrões.
    A razão de Lampião ter entrado no vangaço foi a morte de seu pai.O bando de Lampião agia atacando cidadãos,saqueando o comércio,dentre outros crimes.
    Fazendeiros,vaqueiros e pequenos agricultores eram torturados e degolados se não obedecessem as suas ordens ou se traísse a sua confiança.
    A razão do ódio que muitos sertanejos sentiam dos cangaceiros era o medo e o desejo de vingança por causa de estupros,assassinatos e outras atrocidades.
    Do lado oposto estão os sertanejos que simpatizavam com os cangaceiros,pois sonhavam em se juntar a eles,atraídos pelas lutas e pelo sonho de viver uma vida emocionante e sem miséria.

    ResponderExcluir
  2. OS CANGACEIROS DO NORDESTE
    Os cangaceiros eram um bando armado que atacava povoados do sertão.Eles roubavam,matavam e eram perseguidos pela polícia.
    Eles viveram no Nordeste por volta do início e fim do século XIX,e suas ações aconteceram até 1940.
    Andavam sempre armados,com cartucheiras,facas longas,e clavinotes cruzando os ombros.Suas roupas eram uma espécie de uniforme.
    No cangaço subordinado,os cangaceiros trabalhavam para chefes políticos que lhes davam comida,pouso e até pedaços de terra.Mas no cangaço independente,os cangaceiros não dependiam mais de seus patrões e saqueavam e trabalhavam por conta própria.
    Assim surgiu Lampião,que entrou no cangaço porque seu pai foi morto pelos membros de uma família inimiga.Ele e seu bando atacavam cidades,saqueavam cidades,e outras atrocidades terríveis que chegavam até a morte.
    O ódio por esse grupo resultava dos contínuos estupros e assassinatos que o bando de Lampião cometia contra várias famílias.E ainda mais o ódio de maridos cujas mulheres largaram tudo pra se juntar aos cangaceiros.
    Mas outros simoatizavam com com os cangaceiros,pois sonhavam com as lutas emocionantes e com uma vida cheia de aventuras e riquezas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ameeeeeeeeeeeeeeeeeei * você me ajudou muito ,ale , muito obrigada !

      Excluir
  3. Os cangaceiros eram homens que andavam armados e em bando.Andavam pelo nordeste em meados do séc xix os cangaceiros andavam armados,com cartucheiras,facas longas e clavinotes.
    O cangaço subordinado eram aqueles que trabalhavam para seus patrões,que lhe sediam moradia,comida e as vezes davam pequenos pedaços de terra,já o cangaço independente,os cangaceiros não obedeciam ordens agiam independentemente,por sua conta e risco,ganhando a vida com o crime.
    Por objetivo de vingar a morte de seu pai Lampião aliou-se a tropa de cangaceiros.Todos da tropa andavam armados,promoviam saques a fazendas e cidades.O cangaço foi fruto de um mundo de violencia como estrupos e assasinatos, muitas vezes mulheres abandonaram seus lares para ter uma vida ao lado dos cangaceiros onde esses fatos fizeram com que os sertanejos tivessem ódio e desejo de vingança.Alguns sertanejos aplaudiam este bando, esse pessoal achava interessante a forma com que os cangaceiros viviam com uma vida cheia de combates e aventuras onde não passavam necessidade alguma.

    ResponderExcluir
  4. O CANGAÇO

    Os cangaçeiros eram bandos armados que percorriam o sertão nordestinho atacando povoados e fazendas, roubando, matando e fugindo da policia.
    Os cangaçeiros viveram nas áreas secas do Nordeste do final do século XIX até aproximadamente 1940.
    Vestiam - se como que se estivessem uniformizados, com roupas típicas nordestinas.
    No cangaço subordinado, os cangaçeiros eram sustentados por chefes políticos locais que lhes davam casas, comida e muitas vezes um pequeno pedaço de terra em troca de proteção armada nas disputas políticas com os adversários.
    No cangaço independente formou - se bandos desvinculados do poder pilítico local.
    Lampião entrou no cangaço disposto à vingar a morte do pai, ingressando no bando de Sinhô Pereira.
    Os homens de Lampião atacavam cidades, cortavam os rios da rede de telégrafo para impedir a comunicação com a policia e saqueavam o comércio.
    Fazendeiro, vaqueiros e pequenos agricultores eram torturados e degolados por não se submeterem às suas ordens e por trairem a sua confiança.
    parentes de vítimas de estupro e assassinatos, maridos cujas esposas abandonavam o lar para seguir os cangaçeiros, agricultores e comerciantes, revoltados com os saques promovidos pelo grupo ingressavam na polícia para combater o bando de Lampião.
    Muitos sertanejos , crianças e jovens buscavam o grupo atraídos pelas histórias de lutas que ouviam e pelo sonho de uma vida sem miséria e repleta de aventuras.

    ResponderExcluir